top of page

Poupança Familiar: Como criar um fundo de emergência


Criar um fundo de emergência é uma prática financeira essencial para garantir a segurança financeira da sua família em situações inesperadas. Este fundo proporciona uma rede de segurança financeira em caso de despesas inesperadas, como despesas médicas, reparações urgentes em casa, perda de emprego ou outras emergências.


Aqui estão os passos para criar um fundo de emergência eficaz para a sua família:


Estabeleça Metas Financeiras: Determine quanto dinheiro deseja ter no seu fundo de emergência. Recomenda-se ter o equivalente a 3 a 6 meses de despesas essenciais como meta inicial.

Analise as Despesas Mensais: Calcule as suas despesas mensais essenciais, incluindo moradia, alimentação, transporte, contas, despesas médicas e outros gastos fundamentais. Essa será a base para determinar o montante necessário no fundo de emergência.

Crie um Orçamento: Elabore um orçamento realista para a sua família, detalhando as receitas e despesas mensais. Identifique áreas onde possa poupar e aloque uma parte dessa poupança para o fundo de emergência.

Identifique Fontes de Receita para o Fundo de Emergência: Estabeleça um plano para aumentar o fundo de emergência, como alocar uma percentagem fixa dos salários de cada membro da família ou direcionar bónus, reembolsos de impostos ou outras fontes extras de receita.

Crie uma Conta de Poupança Separada: Abra uma conta de poupança separada para o fundo de emergência. Isso ajuda a manter o dinheiro separado e facilita o controlo do crescimento desse fundo.

Automatize as Contribuições: Configure transferências automáticas mensais para a conta de poupança do fundo de emergência, para garantir que a poupança seja uma prioridade constante.

Evite mexer no fundo de emergência, a menos em caso de emergência real: Utilize esse dinheiro apenas em situações de emergência genuína, como despesas médicas inesperadas, reparos críticos na casa ou perda de emprego.

Reavalie e Ajuste Regularmente: Reavalie regularmente as suas metas e o montante no fundo de emergência. À medida que a sua situação financeira muda, ajuste as metas e contribuições conforme necessário.

Eduque a Família sobre a Importância do Fundo de Emergência: Certifique-se de que todos os membros da família entendem a importância do fundo de emergência e estão alinhados com o compromisso de mantê-lo.


Que produtos são mais aconselhados para constituir um fundo de emergência

Os produtos financeiros adequados para constituir um fundo de emergência devem ser seguros, de fácil acesso e com baixo risco de perda de capital. Em Portugal, algumas opções a considerar são:

Conta Poupança ou Conta a Prazo:

  • Contas poupança ou contas a prazo oferecem uma taxa de juro fixa e são de fácil acesso. O capital investido está protegido até um determinado limite (geralmente 100.000 euros por titular, por banco), tornando-os uma opção segura.


Certificados de Aforro:

  • Os Certificados de Aforro são títulos de dívida do Estado português com uma taxa de juro associada que pode ser revista periodicamente. Eles proporcionam segurança e liquidez, sendo uma opção popular para fundos de emergência.


Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM):

  • Os CTPM são produtos de dívida pública emitidos pelo Estado português, com um prazo definido e uma taxa de juro garantida. São uma opção segura e podem ser resgatados antes do vencimento.


Depósitos a Prazo:

  • Depósitos a prazo oferecem uma taxa de juro fixa por um período determinado. São seguros e proporcionam fácil acesso ao capital investido.


Fundos de Tesouraria:

  • Alguns fundos de investimento, conhecidos como fundos de tesouraria, investem em ativos de baixo risco, como títulos de dívida de curto prazo e depósitos a prazo. Eles podem ser uma opção para diversificar e obter um potencial retorno um pouco maior.

Seguros Financeiros

  • Seguros Capitalizáveis (United Link)

  • PPRs

  • Investimentos


Ao escolher um produto financeiro para constituir um fundo de emergência, é importante considerar a liquidez, a segurança do capital, os juros oferecidos e as taxas associadas. É sempre aconselhável consultar um consultor financeiro para avaliar a sua situação pessoal e tomar decisões informadas. Lembre-se que cada situação financeira é única, adapte essas orientações de acordo com a sua realidade e consulte um profissional financeiro para obter conselhos personalizados.


Para mais informações:

www.pmes.pt | www.aktion.pt

+351 936132929 (rede móvel nacional)


Agente de Seguros Ramos Vida e Não Vida – Inscrição ASF nº 408270880 pode confirmar emwww.asf.com.pt




コメント


Simule os seus seguros TVDE (2).png
Aktion Seguros! o seu mediador de seguros multimarca (10).png
Black White Minimalist Boho Grid Background Page Border A4 (Landscape) (8).png
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

Todos os seguros que a sua empresa necessita
Aqui aos melhores preços

bottom of page